Helena Kolody





Biografia

Helena Kolody nasceu em 1912, em Cruz Machado, Paraná, no dia 12 de outubro. Seus pais foram imigrantes ucranianos que se conheceram no Brasil. Helena passou parte da infância na cidade de Rio Negro, onde fez o curso primário. Estudou piano, pintura e, aos doze anos, fez seus primeiros versos.
Seu primeiro poema publicado foi A Lágrima, aos 16 anos de idade, e a divulgação de seus trabalhos, na época, era através da revista Marinha, de Paranaguá.
Aos 20 anos, Helena iniciou a carreira de professora do Ensino Médio e inspetora de escola pública. Lecionou no Instituto de Educação de Curitiba por 23 anos. Helena Kolody, segundo o que consta em seu livro Viagem no Espelho, foi professora da Escola de Professores da cidade de Jacarezinho, onde lecionou por vários anos.
Seu primeiro livro, publicado em 1941, foi Paisagem Interior, dedicado a seu pai, Miguel Kolody, que faleceu dois meses antes da publicação.

Helena se tornou uma das poetisas mais importantes do Paraná, e praticava principalmente o haicai, que é uma forma poética de origem japonesa, cuja característica é a concisão, ou seja, a arte de dizer o máximo com o mínimo. Foi a primeira mulher a publicar  no Brasil, em 1941.
Foi admirada por poetas como Carlos Drummond de Andrade e Paulo Leminski, sendo que, com esse último, teve uma grande relação de amizade pessoal e literária.
Helena Kolody morreu no dia 15 de fevereiro de 2004na cidade de Curitiba. 

  • Paisagem Interior (1941)
Música Submersa (1945)
  • A Sombra no Rio (1951)
  • Poesias Completas (1962)
  • Vida Breve (1965)
  • Era Espacial e Trilha Sonora (1966)
  • Antologia Poética (1967)
  • Tempo (1970)
  • Correnteza (1977, seleção de poemas publicados até esta data)
  • Infinito Presente (1980)
  • Poesias Escolhidas (1983, traduções de seus poemas para o ucraniano)
  • Sempre Palavra (1985)
  • Poesia Mínima (1986)
  • Viagem no Espelho (1988, reunião de vários livros já publicados)
  • Ontem, Agora (1991)
  • Reika (1993)
  • Sempre Poesia (1994, antologia poética)
  • Caixinha de Música (1996)
  • Luz Infinita (1997, edição bilíngüe).
  • Sinfonia da Vida (1997, antologia poética com depoimentos da poetisa)
  • Helena Kolody por Helena Kolody (1997, CD gravado para a coleção Poesia Falada)
  • Poemas do Amor Impossível (2002, antologia poética)
  • Memórias de Nhá Mariquinha (2002, obra em prosa)

Prêmios e homenagens

  • 1985 - Recebe o "Diploma de Mérito Literário da Prefeitura de Curitiba".
  • 1987 - Recebe o título de "Cidadã Honorária de Curitiba".
  • 1988 - Criação do "Concurso Nacional de Poesia Helena Kolody", realizado anualmente pela Secretaria da Cultura do Paraná, em sua homenagem.
  • 1989 - Gravação e publicação de seu depoimento para o Museu da Imagem e do Som do Paraná.
  • 1991 - Eleita para a Academia Paranaense de Letras.
  • 1992 - O filme A Babel de Luz, do cineasta Sylvio Back, homenageia os 80 anos da poetisa, tendo recebido o prêmio de melhor curta-metragem e melhor montagem, do 25° Festival de Brasília.
  • 2002 - Exposição em homenagem aos 90 anos da poetisa, na Biblioteca Pública do Paraná.
  • 2003 - Recebe o título de "Doutora Honoris Causa" pela Universidade Federal do Paraná.



ver também:  Haicai    Seu nome de haicaísta era Reika

FONTE: Wikipedia
****************************

        POESIAS NARRADAS POR HELENA KOLODY




*************************



Helena Kolody


Helena Kolody nasceu em12 de outubro de 1912, em Cruz Machado, nas proximidades da linha Vitória, filha de Miguel e Victória a Kolody, ambos ucranianos vindos da região da Galícia Oriental- Ucrânia.
Quando Helena completo um ano de idade, a família mudou-se para o município de Três Barras em Santa Catarina. A poetisa passou sua infância na cidade de Rio Negro, antes de mudar-se para Curitiba, onde passo o resto de sua vida.
Em 1931 formou-se professora normalista pela Escola Normal Secundária de Curitiba e, no ano seguinte, foi nomeada professora para o Grupo Escolar Barão de Antonina, de Rio Negro.
De 1933 a 1937 trabalhou na escola de Ponta Grossa e, depois, foi transferida para a Escola Normal de Curitiba (atual Instituto de Educação do Paraná), onde lecionou por 23 anos consecutivos, interrompidos em 1944, quando prestou serviços na Escola de Professores de Jacarezinho.
Em 1941, publicou seu primeiro livro intitulado Paisagem interior, classificado em segundo lugar no concurso de poesia promovido pela Sociedade de Homens de Letras/RJ (1942). No ano de 1949, o livro A sombra do rio recebeu o terceiro lugar no Concurso de Livros do Centro de Letras do Paraná, e o Prêmio Ismael Martins; este livro foi publicado em 1951 pelo mesmo centro. Sua obra teve grande repercussão no cenário artístico brasileiro sendo, reconhecida por grandes escritores brasileiros de seu tempo como Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meirelles, e Paulo Leminski.
Considerada uma das maiores referências literárias no Estado, Helena Kolody dedicou sua vida à poesia. Publicou 22 livros no Brasil e teve uma das obras, Viagem no Espelho, traduzida para o italiano e ucraniano. Desde 1991 ocupava a cadeira n.º 28 da Academia Paranaense de Letras (APL).
Em 14 de fevereiro de 2004, o Paraná perdeu uma de suas maiores poetisas aos 91 anos, sua vida se foi, porém sua alma está imortalizada em cada um de seus livros.
FONTE: http://pmcm.pr.gov.br/cultura-e-turismo/helena-kolody/


_______________________________________





.

Nenhum comentário:

Postar um comentário